quarta-feira, 1 de julho de 2009

Everything change.

Acordei de uma maneira não muito "adequada". Todo mundo odeia ter a luz acessa bem na sua cara, está certo que a luz do dia teria mesmo que entrar em nosso quarto, mas por nossa vontade sempre é melhor. Acho que eu já tinha acordado de mal humor, não me leve a mal, mas é que na maioria das vezes isso tem acontecido. É normal, qualquer um pode ter um dia ruim, ou uma semana, até mesmo um mês. Um ano? ._.' Tá, aí o caso é grave. Acontece que hoje eu fiquei o dia todo sozinha, não sei porque, mas eu gosto quando isso acontece. E não é porque eu simplesmente me sinto "independente" por ficar sozinha em casa, nada disso. É que eu nunca fico sozinha, sabe? E não é porque eu não quero, eu não tenho muita escolha aqui em casa. Quatro adultos, e uma adolescente. Quem dará ouvidos a mim? Alguma vez ou outra, e isto fica em segredo. Os hormônios da adolescência provocam uma tempestade de sentimentos. É terrível porque não posso controlá-los sozinha, e o pior é que não tenho ninguém para contar. Vocês até podem estar se perguntando: "Mas cadê os pais dessa garota?" Hum, minha mãe morreu em Outubro de 2008. Faz apenas nove meses, mas isso não curou minhas feridas, pelo contrário. Quanto mais saudades eu sinto mais minhas feridas querem sangrar. Meu pai? Não, eu prefiro dizer que ele não existe. Minha família se uniu depois que minha mãe morreu, preferiram rezar para não sei quantos santos. Perda de tempo, na minha opinião. Eu abandonei a igreja há meses também. E não adianta vir me falar que eu não deveria fazer isso, já fiz e não voltarei atrás. Não sou tão frágil assim, estou enfrentando a morte de minha mãe melhor do que ninguém. Meus amigos estão me ajudando, e eu não falo dos que eu vejo todos os dias no colégio, falo daqueles que moram em outras cidades ou estados. Não sei porque, mas eles me parecem ser mais sinceros dos que eu vejo com mais frequencia. Estranho, não é? Eu vejo que as coisas mudaram, e também vejo que este blog será minha "ferramenta do desabafo". Com o tempo vocês irão saber os personagens que acompanham minha vida. Até lá, fica a teu critério saber o que virá depois...

2 comentários:

  1. meu...gostei de d+ do seu blog kra...você é uma pessoa extremamente britânica mano...eu até pensei ke você você britânica mesmo, meu, você é totalmente róque em rou kra... IT'S RÓQUE MAN...
    você é muito roqueira velho...eu gosto disso...

    é ROQUE EM ROU PORRAAAAAAAAAAAAAAAA...

    ResponderExcluir